Serra Catarinense

A Serra Catarinense, ou Planalto Serrano, é região mais fria do país, lugar onde neva a cada inverno, mesmo que em alguns poucos dias. O frio é tanto que até as cachoeiras congelam, árvores e outras plantas ficam cobertas de branco num espetáculo de beleza fascinante, que fica a apenas duas horas do litoral.

A maior cidade da região, Lages, era ponto de parada dos tropeiros que levavam gado do Rio Grande do Sul a São Paulo há mais ou menos duzentos anos, por isso características gaúchas são tão marcantes em toda a serra, como o hábito de tomar chimarrão e a mesa sempre farta com delícias coloniais. É em Lages também que acontece a maior festa do inverno, a Festa do Pinhão, que atrai milhares de turistas de outras cidades e estados. Nesta região foi criado o turismo rural. Quem se dirige à serra pode ficar alojado nos mais hospitaleiros hotéis-fazenda ou pousadas rurais. As maiores atrações destes lugares são os passeios a cavalo, de charrete, visitas a atrações naturais, ecoesporte e o turista ainda pode conhecer e participar da vida do campo em atividades como ordenha de vacas ou pescaria em açudes.

O caminho para quem chega ao planalto serrano também é fascinante. As maiores atrações são a Serra do Rio do Rastro, conhecida como o portal da Serra Catarinense. Do mirante, localizado no município de Bom Jardim da Serra, pode-se vislumbrar as curvas desta estrada que liga o planalto ao litoral catarinense. Em São Joaquim, a cidade da maçã, a maior atração é mesmo a neve. No início do ano acontece a colheita da maçã e pode-se provar o mel serrano. Urubici concentra alguns dos melhores pontos para a prática de turismo de aventura, como rapel, canoagem, cavalgadas e trilhas. Não se pode deixar de visitar na cidade o Morro da Boa Vista, com 1.827 metros de altitude e o Morro do Convento, com 1.822 metros, onde fica o cartão-postal de Urubici, a famosa Pedra Furada.

Principais municípios: Lages, São Joaquim, Urubici, Bom Jardim da Serra, Urupema e Bom Retiro.

A Serra Catarinense é uma região encantadora que oferece experiências únicas em cada estação do ano. Aqui estão alguns motivos para visitar a Serra Catarinense em todas as estações:

  1. Beleza Natural: A região é conhecida por suas paisagens deslumbrantes, que se transformam ao longo das estações. No inverno, as montanhas ficam cobertas de neve, criando um cenário de tirar o fôlego. Na primavera e no verão, as paisagens se enchem de cores com o desabrochar das flores e o verde exuberante da vegetação.
  2. Clima Agradável: O clima da Serra Catarinense é ameno na maior parte do ano, o que a torna um destino agradável para visitar em qualquer estação. No verão, as temperaturas são mais amenas em comparação com o litoral, e no inverno, o frio proporciona uma experiência acolhedora, ideal para quem gosta de um clima mais fresco.
  3. Gastronomia: A região é conhecida por sua gastronomia típica, que inclui pratos deliciosos à base de pinhão, trutas, queijos e vinhos produzidos localmente. Cada estação oferece produtos frescos e sazonais, proporcionando uma experiência gastronômica única em cada visita.
  4. Atividades ao Ar Livre: A Serra Catarinense é um paraíso para os amantes de atividades ao ar livre. Durante o verão, é possível fazer trilhas, praticar esportes de aventura e aproveitar os rios e cachoeiras da região. No inverno, as opções incluem cavalgadas e passeios em vinículas.
  5. Cultura e Tradição: A região preserva suas tradições e cultura, que podem ser observadas em festas populares, artesanato local e arquitetura típica. Cada estação do ano traz consigo festividades e eventos que celebram a cultura serrana.
  6. Tranquilidade e Paz: A Serra Catarinense é um refúgio de tranquilidade, longe da agitação das cidades. Em qualquer estação, é possível encontrar paz e serenidade em meio às paisagens naturais e ao clima agradável da região.

Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais vale a pena visitar a Serra Catarinense em todas as estações do ano. Cada visita proporcionará uma experiência única e inesquecível, repleta de beleza natural, cultura, gastronomia e momentos de tranquilidade.

Monumento aos Imigrantes

Monumento aos Imigrantes

A cidade de Lages, localizada na serra catarinense, é repleta de riquezas e detalhes que contam a história de sua colonização e formação. Diversos personagens desempenharam papéis essenciais nesse processo, como os tropeiros vindos do sudeste do Brasil, os imigrantes italianos, portugueses e alemães, e Correia Pinto, homenageado com um monumento na Praça da Bandeira.

Coxilha Rica

Coxilha Rica

Descubra a Coxilha Rica, um distrito encantador localizado nos municípios de Lages e Capão Alto, no estado de Santa Catarina. Com uma extensão de cerca de 100 quilômetros quadrados, essa região rural oferece uma paisagem deslumbrante, repleta de campos ondulados e vegetação predominante de gramíneas. Situada a mais de 1.000 metros acima do nível do mar, a Coxilha Rica é um verdadeiro convite para voltar no tempo e explorar as tradições do passado.

Praça João Ribeiro

Praça João Ribeiro

Localizada em frente à imponente Catedral Diocesana, a Praça João Ribeiro chama a atenção de longe, podendo ser avistada pela principal rua da cidade, a Rua Nereu Ramos. Com uma história que remonta ao início do século XX, essa praça encanta moradores e visitantes com sua conservação impecável e beleza singular.

Monumento ao Tropeiro

Monumento ao Tropeiro

Lages, uma cidade situada na serra catarinense, guarda consigo uma rica história que remonta há mais de 200 anos. Fundada em 1766 por Correia Pinto, a povoação de Nossa Senhora dos Prazeres de Lajens – Lages foi um importante marco na defesa contra a invasão dos castelhanos e na proteção dos tropeiros e viajantes que cruzavam a região.

Mesquita Islâmica

Mesquita Islâmica

Visite a Sociedade Islâmica de Lages – a única no Sul do Brasil! Desde a sua fundação em 1977, esta mesquita encanta os visitantes com a sua arquitetura oriental e peculiaridades únicas. Ao chegar, você será recebido pelo portal de madeira esculpido, que ostenta a oração do Alcorão. A mesquita é uma verdadeira obra de arte, com cores vibrantes e uma distribuição de móveis e luminárias que cria uma atmosfera de grande beleza.